Tag: drwxr

RFID x NFC

drwxr rfid x nfc


Nos dias atuais tem se tornado comum o uso da identificação por radiofrequência / Radio Frequency Identification (RFID). Como por exemplo podemos citar crachás em empresas, cartões de pagamento (ex. cartão de débito), cartões de transporte públicos (ex. cartão de metro, ônibus, etc), Tags para estacionamento e praças de pedágios, entre muitos outros exemplos onde podemos aplicar.

Nos últimos anos, um novo termo começou a expandir-se em conexão com RFID: comunicação de campo próximo / Near Field Communication (NFC).
O RFID e o NFC são muitas vezes confundidos, mas definitivamente não são os mesmos.
Embora os leitores NFC possam ler e escrever em algumas tags RFID, a NFC possui mais capacidades do que RFID e permite uma maior variedade de usos. Você pode pensar em NFC como uma extensão da RFID, com base em alguns dos muitos padrões RFID para criar uma plataforma de troca de dados mais ampla.


O que é RFID?


Imagine que você está sentado na sua varanda à noite. Você liga a luz da varanda, e você pode ver seu vizinho quando ele passa perto de sua casa porque a luz reflete nele e você pode observar.
Isso é RFID passivo. O sinal de rádio de um leitor RFID passivo atinge uma etiqueta, a etiqueta absorve a energia e “reflete” sua identidade.

Agora imagine que você acenda a luz da sua varanda, e seu vizinho vê isso e acende a luz da varanda da casa dele para que você possa vê-lo acenando de sua varanda.
Isso é RFID ativo. O RFID ativo pode suportar um alcance mais longo, porque o receptor possui sua própria fonte de energia e, portanto, pode gerar seu próprio sinal de rádio em vez de depender da energia que absorve do remetente (RFID passivo).

O RFID é muito parecido com as duas varandas utilizadas nos exemplos anteriores. Você e seu vizinho se conhecem, sabem os rostos uns dos outros, mas você realmente não sabe muito além disso sobre ele. Você não troca mensagens significativas.
RFID não é uma tecnologia de comunicação. Em vez disso, é uma tecnologia projetada para identificação. As etiquetas RFID podem conter uma pequena quantidade de dados e você pode ler e escrever a partir de leitores de RFID, mas a quantidade de dados de que é falada é trivial.


O que é NFC?


Agora imagine que outro vizinho passe perto da sua varanda, e quando você o vê, você acaba convidando ele para a sua varanda para conversarem. Ele aceita seu convite, e você se senta junto, troca informações sobre as vidas de ambos e desenvolvem um relacionamento. Vocês se falam um com o outro e vocês se escutam durante alguns minutos. Isso é NFC.

A tecnologia NFC foi projetada para desenvolver a RFID, permitindo trocas mais complexas entre os participantes. O NFC também permite que você escreva dados para certos tipos de etiquetas RFID usando um formato padrão, independente do tipo de tag. Também é possível se comunicar com outros dispositivos NFC em uma troca bidirecional ou duplex.
Os dispositivos NFC podem trocar informações sobre os recursos uns dos outros, trocar registros e informações.



Continua…

Tags : , , , ,

Oficina de radiofrequência – Roadsec SP 2016

O Roadsec é um evento itinerante que percorre diversos estados brasileiros levando uma mistura única de palestras, atividades e campeonatos, integrando estudantes, profissionais e comunidades em torno da celebração da cultura hacker em todas as suas vertentes: segurança, desenvolvimento, makers e ativistas.

Esse giro acaba em São Paulo num dos maiores festivais do gênero no planeta, misturando conhecimento, atividades, cultura, gastronomia, música e muito networking com a nata do hacking brasileiro!

 

O drwxr irá ministrar oficinas durante todo o dia explicando o conceito da radiofrequência e realizando “hands on” para explicar a utilização do rtl-sdr na prática.

Também serão abordados softwares utilizados para realizar capturas, análises e ads-b decoder.

drwxr oficina sdr

(Folder – oficina de SDR)

Para realizar o download da apostila que iremos abordar na oficina (Introdução ao RTL-SDR e Radiofrequência) no Roadsec SP, clique no link abaixo:

Apostila

Para maiores informações do evento: Roadsec-SP

 

Tags : , , , , , , , ,

Installing RTL-SDR (RTL2832U) driver

This content is a piece of our initiative to explain how to start your studies with RTL-SDR.

In this post we’ll explain about how to install the rtl-sdr driver.

To install the RTL-SDR device on a Linux computer is relatively quick and easy.

These instructions are designed to run on Linux distributions based on Debian or Ubuntu.

 

Installing the drivers:

1. Open the terminal and make sure you are in the home directory.

 

2. Update your Linux distribution:

sudo apt-get update

 

3. Install the necessary tools such as: git, cmake, build-essential

sudo apt-get install git

sudo apt-get install cmake

sudo apt-get install build-essential

 

4. Install the library called “libusb-1.0-0-dev” which provides access to USB devices.

sudo apt-get install libusb-1.0-0-dev

 

5. Download and install the RTL2832U from vendor site:

git clone git://git.osmocom.org/rtl-sdr.git

cd rtl-sdr/

mkdir build

cd build

cmake ../ -DINSTALL_UDEV_RULES=ON

make

sudo make install

sudo ldconfig

sudo cp ../rtl-sdr.rules /etc/udev/rules.d/

 

6. Create a “blacklist” to the default driver which loads automatically using the RTL-SDR device as a TV receiver, because this isn’t the functionality we want to use (tv receiver).

A. Access as administrator the directory: /etc/modprobe.d

B. Create a new file called “blacklist-rtl.conf” and add the following line in the file:

blacklist dvb_usb_rtl28xxu

blacklist rtl2832

blacklist rtl2830

C. Save the file and reboot the machine.

 

7. After reboot the machine, test if the device is actually running. To test type the follow command in the terminal:

rtl_test -t

 

drwxr - rtl-sdr driver, radio

(rtl_test -t, command)

 

Don’t worry with the follow messages:

“PLL not locked”

“No E4000 tuner found, aborting”.

If you see these messages above it is a sign that your driver and your device is working properly and you are ready to install some applications like GQRX, Dump1090, CubicSDR and others…

 

Tags : , , , , ,

FM transmitter through a Raspberry pi

In this post we’ll turn the Raspberry Pi into an FM transmitter in a few steps.

ATTENTION: remember that in some countries the radio transmissions of any kind are subject to federal laws and regulations.

This is a simple and very interesting article.

 

To turn your raspberry pi in FM transmitter we will use the rpitx of F5OEO (https://github.com/F5OEO/rpitx) , rpitx is a radio transmitter for Raspberry Pi (B, B+, PI2, PI3 and PI zero) that transmits RF directly to GPIO. It can handle frequencies from 5 KHz up to 500 MHz.

 

For installing do the following:

git clone https://github.com/F5OEO/rpitx

cd ./rpitx

sudo ./install.sh

The install script (install.sh) will download and install all the needed dependencies. This takes a while.

 

We gonna  connect a ~20cm or so plain wire to GPIO 18 (which is pin 12 on header P2) to act as an antenna, and tune an FM radio.

The optimal length of the wire depends the frequency you will want to transmit.

GPIO pins (General Purpose Input/Output) are ports (pins) programmable that can be used to input and/or output data. They are mainly used to communicate with external devices like microcontroller or microprocessor.

 

drwxr,GPIO, raspberrypi

(GPIO Raspberry pi)

 

2-raspberrypi

(Raspberry pi with antenna)

In this article we going to transmit FM, so we gonna use the pifm.

Pifm converts an audio file (Wav, 48KHz, 1 channel, pcm_s16le codec) to Narrow band FM (12.5khz excursion) and outputs it to a .ft file. Assuming your audio file is in your current working directory.

./pifm gunsnroses.wav fm.ft

Then after execute the command that created the fm.ft, lets execute the command bellow that will transmit the audio at 92.0MHz (you can change).

sudo ./rpitx -m RF -i fm.ft -f 92000 -l

Video:

 

Tags : , , , , , , , ,